Bodebrown

Nesse final de semana eu levei a Sara pra dar um rolê num lugar que ela queria muito conhecer: a Bodebrown. A gente fez o tour pela fábrica, aprendeu sobre o processo de fabricação, conheceu o Samuel Cavalcanti (cabra talentoso e extremamente querido), bebemos bastante (óbvio!) e ficamos até o finalzinho do Growler day. Música ao vivo, gente bacana e de energia boa, um hamburguer vegetariano fodástico do foodtruck Stoked e um solzinho gostoso garantiram a diversão do dia.

Uma das coisas mais legais de fotografar pra si mesmo é a oportunidade de deixar o ego ( = a eterna busca pela imagem "perfeita") e a pressão de ter que agradar clientes de lado, e simplesmente clicar pelo prazer de clicar. Fotografia documental é um barato... nunca tem o mesmo impacto das imagens artísticas mas funciona como um bom vinho que vai melhorando à medida que envelhece. Quanto mais o tempo passa mais relevante as imagens se tornam. 

E claro, de brinde nisso tudo ainda teve a alegria de ver o sorrisão sempre aberto da Sara, que curtiu demais o evento e as cervejas.