As filiais do Instituto Royal

Sergiobuss_highlander_institutoroyal.jpg

A galera que tem contato pessoal comigo já conhece um dos meus dogs, o Highlander, esse bonitão da foto acima. O que muita gente não sabe é que o "High" foi resgatado de um Instituto Royal. E aqui em casa, a Jujuba, a Clara e a Lerê também foram resgatadas de um Instituto Royal.

O caso dos Beagles comoveu muita gente por aí... porque nenhum animal merece sofrer, sentir dor, medo... certo? Infelizmente eu suspeito que toda essa comoção existiu não porque existiam animais sofrendo maus tratos, e sim Beagles (cachorrinhos fofinhos e bonitinhos) sofrendo maus tratos.  Não tô me referindo aos manifestantes que estavam lá no dia (esses sim abraçam a causa de corpo e alma) e sim da galera que ficou no facebook/twitter/instagram se mostrando "extremamente abalados" com a situação, postando frases como "estou sofrendo por não estar aí", "queria poder fazer alguma coisa", "isso é um absurdo"... Talvez eu esteja errado e essas pessoas não sejam somente ativistas de Facebook, que dizem apoiar determinadas causas somente pra fazer um mentiroso marketing pessoal, parecer mais bacana perante os amigos...  Se eu estiver errado, e essa galera está realmente disposta à colocar a mão na massa, vou deixar aqui uma dica preciosa: existem filiais do Instituto Royal espalhadas pela Brasil inteiro. E quer saber o melhor? Pra ajudar os animais que estão sofrendo nesses institutos você não vai precisar arrombar, pular muro, se acorrentar no portão. Você nem precisa se dar ao trabalho de procurar pelo endereço dessas filiais no Google pra poder passar lá e ajudar um bichinho que está sofrendo maus tratos.

Pois é... as filiais do Instituto Royal estão em todos os bairros, em todas as esquinas. Nesse exato momento, se você der uma voltinha pela sua vizinhança, tem uma chance boa de encontrar um cachorro com dor, com feridas e machucados... assustado, com medo do ser humano... se arrastando por aí com uma perna fraturada... casos explícitos de maus tratos. 

Esse post é pra você, que "não pode estar lá no dia", que "mora em outra cidade mas se estivesse em São Roque faria o que fosse necessário", que falou que "de longe a única coisa que eu posso fazer é rezar"... tem um Instituto Royal aí do seu lado. Tem cachorro sofrendo aí do seu lado. Não tem desculpa. Saia da frente do computador, "invada" a esquina da sua casa e resgate alguém que precisa muito de ajuda. Faça um post com fotos do momentos do resgate que você fez... aliás, faça vários posts... escreva sobre o quanto a sua experiência foi gratificante e inspire outras pessoas à fazer o mesmo. :-)