IT'S OK IF YOU BLINK.

Hello, stranger!

Completamente fascinado pelo processo criativo, a minha maneira de fotografar é um reflexo de como eu enxergo o mundo: uma sequência de momentos espontâneos, verdadeiros e nem sempre perfeitos. Pequenas imperfeições podem ser mágicas… pensa no Led Zeppelin, por exemplo, aonde os ruídos e aquela massa sonora intensa, orgânica e (principalmente) autêntica tem muito mais valor do que uma execução técnica  impecável.

Que seja clicando para uma campanha publicitária complexa, experimentando idéias diferentes com uma camera pinhole ou simplesmente fazendo fotos com um cachorro e seu dono… It’s OK if you blink! ;-)